Kit Ganhe Dinheiro On-Line

Submarino

Beleza & Saúde - Submarino.com.br  Bebês - Submarino.com.br  Jóias & Relógios - Submarino.com.br  Utilidades Domésticas - Submarino.com.br

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

TÉCNICO DE ENFERMAGEM, UM ATO DE AMOR E PROFISSIONALISMO

Ser Técnico de Enfermagem é um dom de cuidar, e mais, é um ato de amor e de doação ao próximo. Cuidar do outro em suas diferentes particularidades para integrar sua totalidade, ser capaz de esquecer a própria dor para cuidar da dor do paciente. Ter que gostar de gente para cuidar de gente.
Lidar diariamente e por um longo período com o sofrimento, dor e morte,           articulados com a luta pela vida, cura, esperança e coragem para superar as diversas fases e diferentes patologias.
Ninguém passa pelo curso de Técnico de Enfermagem sem ter uma profunda mudança no caráter, na condição de sua vida, no modo de ver o mundo. Participa-se dos melhores e piores momentos do ser humano, vendo-o nascer, crescer, adoecer e morrer.
Mas, não adianta ter apenas o dom, é preciso também ter a formação, e, para ter essa formação, precisa-se estudar, se capacitar para poder aprender na teoria e na prática os deveres para com o outro.
Para enfrentar tais desafios esses profissionais necessitam de boa formação geral e educação profissional. Aliás, a nova educação preocupa-se em formar um indivíduo com autonomia intelectual, pensamento crítico, iniciativa própria e capacidade de visualização e resolução de problemas, e não meramente um agente executor de tarefas.
O paciente é uma pessoa, um ser humano único que no momento requer ajuda. O Técnico de Enfermagem é uma pessoa, um ser humano único, que adquiriu conhecimentos e habilidades específicas para cuidar dos outros e dispõe-se a isso.
Portanto, são necessárias técnicas para que, aliadas ao dom, se possa cuidar e ajudar o paciente. Sem sombra de dúvida, duas das coisas mais importantes no processo de aprendizado são o esforço e a vontade de aprender, pois aprender também é dom.

"A Enfermagem é uma arte; e para realizá-la como arte, requer uma devoção tão exclusiva, um preparo tão rigoroso, como a obra de qualquer pintor ou escultor; pois o que é tratar da tela morta ou do frio mármore comparado ao tratar do corpo vivo - o templo de espírito de Deus. É uma das artes; pode-se dizer a mais bela das artes".  (NIGHTHINGALE, FLORENCE).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário